sábado, 13 de março de 2010

Ironias do Desgosto

Avintes, 2010 © Adelina Silva

(...)
Há quem te julgue um velho.
O teu sorriso é falso;
Mas quando tentas rir parece então, meu bem,
Que estão edificando um negro cadafalso
E ou vai alguém morrer ou vão matar alguém!
Eu vim - não sabes tu? - para gozar em maio,
No campo, a quietação banhada de prazer!
Não vês, ó descorado, as vestes com que saio,
E os júbilos, que abril acaba de trazer?

Cesário Verde, in 'O Livro de Cesário Verde'

2 comentários:

mfc disse...

A foto perfeita com a moldura do sarcasmo de Cesáreo...

Clara disse...

:-D

A fotografia está estupenda!