sexta-feira, 30 de outubro de 2015

É o fim do caminho

Zambujeira do Mar, 2015 © Adelina Silva

(...)
É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol
São as águas de março fechando o verão
É promessa de vida em nosso coração

Cecília Meireles


Sem comentários: