sábado, 13 de dezembro de 2008

Faz-me o favor

Faz-me o favor...

Faz-me o favor de não dizer absolutamente nada!
Supor o que dirá
Tua boca velada
É ouvir-te já.

É ouvir-te melhor
Do que o dirias.
O que és não vem à flor
Das caras e dos dias.

Tu és melhor -- muito melhor!--
Do que tu.
Não digas nada. Sê
Alma do corpo nu
Que do espelho se vê.

de "O Virgem Negra" por M. C. V.
(Mário Cesariny).

2 comentários:

Bill Stein Husenbar disse...

Nesta época natalicia, desejo um Feliz Natal recheado de momentos bons e e inesqueciveis na companhia dos que mais ama. Que a alegria e a esperança s espalhe e se concretizem no coração de cada um de nós.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Arnaldo Macedo disse...

Olá não digo abselutamente nada não penso
transcrevo conversas telefónicas ou falo com a noite...Ou não falo e gravo a voz dos outros... Excito-me sou o centro do mundo dos outros e não existo...beijos em silencio e voadores