domingo, 4 de outubro de 2009

Procissão

Porto, 2009 © Adelina Silva

(...)
Tocam os sinos na torre da igreja,
Há rosmaninho e alecrim pelo chão.
Na nossa aldeia que Deus a proteja!
Vai passando a procissão.

Pelas janelas, as mães e as filhas,
As colchas ricas, formando troféu.
E os lindos rostos, por trás das mantilhas,
Parecem anjos que vieram do Céu!
(...)

António Lopes Ribeiro

4 comentários:

mfc disse...

Não consigo desligar de uma recordação inesquecível de um amigo meu, já falecido, que depois de uma noite de copos, sempre declamava este poema!
E declamava-o lindamente!

A imagem da foto é terna.... liiiiinda!

micael disse...

João Vilaret, declamava "A Procissão" de António Lopes Ribeiro muito bem e com tal alegria que parecia que viamos a procissão a passar...

Patricia disse...

De onde é a fotografia? Estou a fazer um trabalho multimédia com os meus alunos, exactamente sobre "A Procissão" e estes azulejos vinham mesmo a calhar.

ams disse...

Olá Patrícia!

O local é a estação de S. Bento, no Porto.

Abraço