domingo, 9 de outubro de 2011

Versos de Orgulho


Porto, 2011 © Adelina Silva

(...)
O mundo! O que é o mundo, ó meu amor?!
O jardim dos meus versos todo em flor,
A seara dos teus beijos, pão bendito,

Meus êxtases, meus sonhos, meus cansaços...
São os teus braços dentro dos meus braços:
Via Láctea fechando o Infinito!...


Florbela Espanca, in "Charneca em Flor"


6 comentários:

photoattraction disse...

Que coisa esquisita... e ao mesmo tempo bonita!

mfc disse...

Um hino às cores e à beleza!

Roberto Machado Alves disse...

Um lindo poema com uma foto que parece uma pintura. Parabéns por juntar essas pérolas num mesmo post.

Remus disse...

Por vezes, basta uma simples flor (apesar de esta não ter nada de simples) para que o nosso dia se transforme por completo.

Em termos de composição, eu teria cortado aquela faixa vertical onde aparece a mancha azul. Mas tirando esse pormenor, acho que a fotografia está muito bem conseguida e com um bom nível de detalhe e de definição.

Existe um Olhar disse...

A flor da paixão..linda esta foto!
Beijos
Manu

Helder Ferreira disse...

A flor é lindissima!!