quinta-feira, 29 de março de 2012

Biografia


Póvoa de Varzim, 2007 © Adelina Silva

Nem sempre se deve desconfiar das pessoas
graves, aquelas que caminham com o pescoço inclinado para baixo,
os olhos delas a tocar pela primeira vez o caminho que os pés confirmarão
depois.
Às vezes elas vêem o céu do outro lado do caminho que é o que lhes fica por baixo
dos pés e por isso do outro lado do mundo.
O outro lado do mundo das pessoas graves parece portanto um sítio longe dos pés
e mais longe ainda das mãos
que também caem nos dias em que o ar pode ser mais pesado e os ossos
se enchem de uma substância morna que não se sabe bem o que é.
Na gravidade dos pés e da cabeça, e também dos olhos, com que nos são alheias
quando as olhamos de frente rumo ao lado útil do caminho que escolhemos, essas
pessoas arrastam uma nuvem prateada que a cada passo larga uma imagem daquilo
que foram ou das pessoas que amaram.
Essas imagens podem desaparecer para sempre se forem pisadas quando caem no
chão. A gravidade dos pés e da cabeça, e também dos olhos, dessas
pessoas, é, por isso, uma subtil forma de cuidado.

Rui Costa, in "A Nuvem Prateada das Pessoas"

9 comentários:

mfc disse...

Passeiam pela orla onde as águas chegam à procura não sei de quê... mas sei que procuram incessantemente!
A foto é linda e inquietante...

Remus disse...

Vê-lo vestido com este sobretudo e pensar nos dias de calor que têm estado, até dá-me falta de ar.
:-)

O que ele procurará?
A juventude perdida?
Um amor perdido?
Moeda de dois euros?
:-)

Fotografia bem enquadrada, com o ondular e as diferentes tonalidades da areia a resultarem muito bem.

Fábio Martins disse...

Dá que pensar olhar para o sr. com a postura assim...
Gosto do click. A p&b resultou muito bem *

ponto e virgula disse...

um areal que pode esconder o que ainda se espera... esperança.
motivação de força para um voltar a erguer o pescoço.





a...té

Rute disse...

Acho linda, esta fotografia. E associada a um excelente texto, origina um post de grande qualidade. Gostei imenso.

1 bje 1 bom fim-de-semana:)

DAlmeida disse...

Espectacular texto, amei. Não me vou esticar muito, senão ainda deixo um testamento:), mas boa associação com a foto e uma excelente ideia de tema. Muito interessante o título!

PAULO | PHOTOS disse...

interessante!
- ainda assim o Sr. pode, simplesmente, ter perdido a carteira :D - "joking"!

Sónia disse...

Adorei! O texto e a imagem são lindos.São de uma grande sensibilidade. Parabéns. Continua a publicar estes textos e imagens. Fazem bem ao coração e à lama...

Sónia disse...

Mil desculpas... queria dizer que fazem bem ao coração e à alma ... ih.. ih.. é o cansaço...